O plano de salvação para a humanidade. Gênesis 5

Diferentemente da maioria dos livros, a Bíblia foi escrita ao longo de 1600 anos; em três continentes:
Ásia, África e Europa;
e em três línguas:
aramaico, hebraico e grego

Foi escrita por 40 autores diferentes, todos de origens radicalmente diferentes: pescadores, filósofos, camponeses, reis, acadêmicos, cobradores de impostos, poetas e estadistas.
Está dividida em 66 livros. No entanto, há uma continuidade e consistência única e um tema comum em suas páginas.

Muitos duvidam e questionam a origem da bíblia, podemos realmente afirmar que ela é palavra de D-us ao home? Que ela é relevante a nossa vidas hoje?

Antes de tudo devemos compreender que a Bíblia, como temos hoje em nossas mãos, é simplesmente uma tradução e, quando se faz a tradução de um idioma para outro, perde-se muito de sua essência, por isso, para entendermos bem o que está escrito, devemos voltar ao texto original.

Vamos analisar um texto no seu original hebraico em Gênesis, capítulo 5, onde temos a genealogia de Adão até Noé. Este é um daqueles capítulos que frequentemente tendemos a folhear rapidamente quando lemos Gênesis; é simplesmente uma genealogia de Adão a Noé.

Para muitos leitores da Bíblia, quando chegam nas genealogias tem a tendência de pular o texto por achar que é tedioso, sem significado ou mensagem relevantes.

O significado de nomes próprios pode ser uma tarefa difícil, pois uma tradução direta muitas vezes não está disponível.

Um estudo das raízes originais, no entanto, pode revelar alguns discernimentos fascinantes:

Quero desafia-lo a pensar diferente sobres esses textos, te convido a uma aventura voltando a raiz to texto onde descobriremos juntos algo fantástico:
1- a natureza de D’us,
2- seu amor pela humanidade
3- respeito ao texto original Hebraico.

Veja esse video, para entender melhor como funciona a genealogia:

Nesse video acima está descrito as boas novas escondidas dentro de uma genealogia! A Bíblia é um sistema integrado de mensagens, produto da engenharia sobrenatural. Cada número, cada lugar, nome, cada detalhe, cada jota e til está lá para nosso aprendizado, descoberta e espanto. Um exemplo notável dessa inspiração divina pode ser vislumbrado aqui. Na verdade, nosso D-us é um D-us incrível.

Autor: Adivalter Sfalsin